O presidente dos EUA endureceu a pressão sobre o México com um ultimato. Donald Trump avisou, no Twitter, que caso o México não trave imediatamente a entrada de imigrantes ilegais no país, os Estados Unidos vão fechar grande parte ou mesmo todas as fronteiras com México já na “próxima semana“. A ameaça foi feita em três tweets publicados esta sexta-feira.

Como lembra o New York Times, esta não é a primeira vez que Trump ameaça fechar a fronteira com o México. Já o tinha feito em dezembro — aquando do shutdown que provocou para forçar a construção do muro  — e também no início desta semana, quando acusou vários países da América Central de ficarem com o dinheiro norte-americano, mas nada fazerem para travar a imigração ilegal que vem do sul. No entanto, é a primeira vez que Trump o faz colocando um prazo concreto.

Voltando a esta última ameaça, Donald Trump escreveu, num primeiro tweet, que “os democratas” criaram as leis de imigração mais fracas do mundo. Disse também que até o México, que recebia mais de cem mil milhões de dólares dos EUA por ano, tinha leis contra a imigração ilegal mais fortes. Ora, como solução, Trump diz que o Congresso tem de “mudar já as fracas leis de imigração” e o México tem de “parar a entrada de imigrantes ilegais nos EUA”.

Trump diz que o México tem feito uma “fortuna” com os apoios financeiros norte-americanos, em valores “muito superiores” àqueles que o México gasta no controlo das fronteiras. Por isso, avisa Trump, “se o Méxio não parar imediatamente TODA a imigração ilegal que entra nos Estados Unidos pela fronteira sul, os EUA vão FECHAR a fronteiro, ou grande parte da fronteira, na próxima semana.

Trump diz que seria “fácil” para o México fazer isto, mas os mexicanos, acusa o presidente norte-americano, preferem ficar com o dinheiro e “falar”.

Trump diz ainda que fechar a fronteira será uma “coisa boa” para os EUA.