Mick Scumacher, o jovem de 20 anos filho do sete vezes campeão do mundo de F1 Michael Schumacher, cinco dos quais alcançados aos comandos de um Ferrari, assinou em Janeiro pela Ferrari Driver Academy, onde a equipa italiana junta e forma os seus potenciais pilotos da equipa principal. Por isso, não é de espantar que durante a próxima semana a esperança alemã se sente pela primeira vez para um teste oficial de um F1, tentando provar que “filho de peixe sabe nadar”.

Depois do Grande Prémio do Bahrain, a realizar já no próximo fim-de-semana, têm lugar os dois dias de testes após a segunda corrida da época, em que alguns rookies vão ter a oportunidade de provar o seu valor. No primeiro dia Schumacher estará ao volante de um Ferrari, para no derradeiro dia de ensaios ocupar o cockpit do fórmula da Alfa Romeo Racing.

4 fotos

De acordo com Frédéric Vasseur, o director da equipa desta marca italiana do Grupo FCA, “Mick Schumacher vai cumprir um dia de testes com os carros do team”, sendo que o ensaio vai permitir um termo de comparação. Isto porque aos comandos dos F1 da Alfa Romeo vai estar igualmente o britânico Callum LLott, também ele com 20 anos e hoje membro da Ferrari Driver Academy, depois de ter passado pelo Red Bull Junior Team.

Para Vasseur, “está no ADN da equipa Alfa Romeo descobrir e apadrinhar novos talentos e tanto Mick como Callum são exemplos perfeitos de pilotos com potencial que merecem ter uma oportunidade de evoluir na carreira”.