Benfica

“Onde andava esta equipa que jogou hoje tão motivada?”: Benfica responde ao Feirense e não esquece FC Porto

764

O Benfica respondeu ao comunicado do Feirense e também aos tweets de Francisco J. Marques. "Se corresse tanto como fez contra o Benfica, jogaria numa competição europeia", disse o clube da Luz.

Os encarnados responderam ao comunicado do Feirense e também a Francisco J. Marques

LUSA

O Benfica respondeu às críticas do Feirense à arbitragem do jogo deste domingo. Em declarações à CMTV, um responsável encarnado comentou o comunicado feito pela equipa de Santa Maria da Feira, que destacou três lances, incluindo um golo anulado aos fogaceiros e a jogada do penálti de Ali Ghazal que deu golo de Pizzi, e defendeu que este foi um encontro que “envergonha o futebol português”.

“O Feirense, se corresse e lutasse tanto como fez hoje contra o Benfica, jogaria para uma competição europeia. Onde andava esta equipa que jogou hoje tão motivada contra o Benfica? Quantos aos erros de arbitragem simplesmente não houve. Podiam ter existido mas felizmente não houve como as imagens provam”, explicou o Benfica, que respondeu ainda aos comentários feitos por Francisco J. Marques nas redes sociais. No Twitter, o diretor de comunicação do FC Porto fez uma série de publicações onde ironizou e atacou a arbitragem do encontro entre o Benfica e o Feirense.

Numa delas, escreveu “Leitura aos apóstolos: quando a sistemática coação dá resultado. Ide em paz e que Deus vos acompanhe” e ainda destacou um lance com Florentino e João Silva na área encarnada e lembrou um lance na visita dos dragões a Santa Maria da Feira na temporada passada, num jogo em que o VAR estava também a cargo de Bruno Paixão. “O FC Porto vir falar em coação e erros de arbitragens tendo em conta tudo o que se tem passado neste campeonato é uma ridícula cortina de fumo”, atirou o clube da Luz.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: mfernandes@observador.pt
Eleições Europeias

Querida Europa...

Inês Pina

Sabemos que nos pedes para votarmos de cinco em cinco anos, nem é muito, mas olha é uma maçada! É sempre no dia em que o primo casa, a viagem está marcada, em que há almoço de família…

Educação

Aprendizagem combinada: o futuro do ensino

Patrick Götz

Só integrando a tecnologia na escola se pode dar resposta às necessidades do futuro, no qual os futuros trabalhadores, mesmo que não trabalhando na indústria tecnológica, terão de possuir conhecimento

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)