O Benfica respondeu às críticas do Feirense à arbitragem do jogo deste domingo. Em declarações à CMTV, um responsável encarnado comentou o comunicado feito pela equipa de Santa Maria da Feira, que destacou três lances, incluindo um golo anulado aos fogaceiros e a jogada do penálti de Ali Ghazal que deu golo de Pizzi, e defendeu que este foi um encontro que “envergonha o futebol português”.

“O Feirense, se corresse e lutasse tanto como fez hoje contra o Benfica, jogaria para uma competição europeia. Onde andava esta equipa que jogou hoje tão motivada contra o Benfica? Quantos aos erros de arbitragem simplesmente não houve. Podiam ter existido mas felizmente não houve como as imagens provam”, explicou o Benfica, que respondeu ainda aos comentários feitos por Francisco J. Marques nas redes sociais. No Twitter, o diretor de comunicação do FC Porto fez uma série de publicações onde ironizou e atacou a arbitragem do encontro entre o Benfica e o Feirense.

Numa delas, escreveu “Leitura aos apóstolos: quando a sistemática coação dá resultado. Ide em paz e que Deus vos acompanhe” e ainda destacou um lance com Florentino e João Silva na área encarnada e lembrou um lance na visita dos dragões a Santa Maria da Feira na temporada passada, num jogo em que o VAR estava também a cargo de Bruno Paixão. “O FC Porto vir falar em coação e erros de arbitragens tendo em conta tudo o que se tem passado neste campeonato é uma ridícula cortina de fumo”, atirou o clube da Luz.