Brasil

Jair Bolsonaro andou de mota e cometeu infrações do código da estrada, dizem especialistas

792

O presidente brasileiro publicou um vídeo onde surge a conduzir uma mota com o capacete mal colocado e a fazer ruído nas ruas de Guarujá. Especialistas afirmam que Bolsonaro pode sofrer punições.

O passeio de moto ocorreu sábado, nas férias da Páscoa

Antonio Lacerda/EPA

Um passeio de mota pelas ruas de Guarujá nas férias da Páscoa pode ter sido cenário de várias infrações do código da estrada por parte de Jair Bolsonaro. Num vídeo publicado na página oficial do Twitter do presidente brasileiro, Bolsonaro aparece com o capacete mal colocado e apoiado na testa.

“É uma infração gravíssima. A punição mínima é multa, perda de sete pontos na carta de condução e um processo de suspensão da carta”, refere o advogado especialista em trânsito Maurício Januzzi. “Como líder da nação, ele (Bolsonaro) deu um péssimo exemplo de como conduzir uma mota”, acrescentou em declarações ao jornal Folha de São Paulo.

O engenheiro Ailton Brasiliense, presidente da Associação Nacional de Transportes Públicos, destaca que a errada colocação do capacete é o mesmo que não dispor de equipamento de segurança e que pode mesmo agravar um acidente. “É uma infração. O capacete precisa de estar fixo, caso contrário não protege e pode piorar ferimentos”, refere.

Para além da infração de segurança por uso indevido do capacete, o presidente brasileiro está ainda a ser acusado de fazer barulho excessivo com o motor da mota. “Bolsonaro faz barulho desnecessário (quando acelera) e depois levanta o capacete, num veículo de alto risco”, diz Horácio Augusto Figueira, consultor em segurança rodoviária. “Se na área militar é preciso seguir todas as regras, porque haveria de ser diferente na condução?”, pergunta.

O Folha de São Paulo refere que questionou a presidência brasileira para confirmar se Bolsonaro tem habilitação para conduzir motas, sem obter qualquer resposta.

O passeio no veículo ocorreu sábado, pelas 18h15, quando o presidente deixou o hotel militar onde estava hospedado para conduzir nas ruas da cidade do litoral brasileiro. O vídeo já teve mais de 1,3 milhões de visualizações e 12 mil partilhas.

O presidente, eleito em outubro, tem procurado apresentar-se perante a nação como um homem  comum e próximo da população. O passeio de mota não é caso único: em fevereiro, Bolsonaro tirou uma fotografia onde surgiu de chinelos e t-shirt depois de discutir a reforma da Previdência, no Palácio Presidencial.

As redes sociais têm sido fundamentais para a campanha populista de Jair Bolsonaro, contando no Twitter com mais de quatro milhões de seguidores.

Todos queremos saber mais. E escolher bem.

A vida é feita de escolhas. E as escolhas devem ser informadas.

Há uns meses o Observador fez uma escolha: uma parte dos artigos que publicamos deixariam de ser de acesso totalmente livre. Esses artigos Premium, por regra aqueles onde fazemos um maior investimento editorial e que mais diferenciam o nosso projecto, constituem a base do nosso programa de assinaturas.

Este programa Premium não tolheu o nosso crescimento – arrancámos mesmo 2019 com os melhores resultados de sempre.

Este programa tornou-nos mesmo mais exigentes com o jornalismo que fazemos – um jornalismo que informa e explica, um jornalismo que investiga e incomoda, um jornalismo independente e sem medo. E diferente.

Este programa está a permitir que tenhamos uma nova fonte de receitas e não dependamos apenas da publicidade – porque não há futuro para a imprensa livre se isso não acontecer.

O Observador existe para servir os seus leitores e permitir que mais ar fresco circule no espaço público da nossa democracia. Por isso o Observador também é dos seus leitores e necessita deles, tem de contar com eles. Como subscritores do programa de assinaturas Observador Premium.

Se gosta do Observador, esteja com o Observador. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)