O futebolista argentino Lionel Messi, jogador do Barcelona, assegurou esta sexta-feira, virtualmente, a conquista da sua sexta Bota de Ouro, prémio para o melhor marcador dos campeonatos europeus, com o fecho da Liga francesa.

Na 38.ª ronda da Ligue 1, Kylian Mbappé, do Paris Saint-Germain, era a última verdadeira ameaça ao número 10 do Barça, sendo que tinha de marcar cinco golos em Reims (só conseguiu um), para roubar o sexto troféu ao argentino.

Messi, que finalizou a Liga espanhola com 36 golos, contra 33 de Mbappé, repetiu as conquistas de 2009/10, 2011/12, 2012/13, 2016/17 e 2017/18, passando a contar mais dois troféus do que o segundo do ranking, o português Cristiano Ronaldo.

O capitão da Seleção Nacional ganhou a Bota de Ouro em 2007/08, pelo Manchester United, e 2010/11, 2013/14 e 2014/15, ao serviço do Real Madrid, clube que no último defeso trocou pela Juventus.

Na primeira época em Itália, Ronaldo marcou 21 golos na Serie A, menos cinco do que o líder da tabela, o avançado transalpino Fabio Quagliarella, da Sampdoria, que, curiosamente, defronta no domingo, no fecho da prova, em Génova.

O jogador argentino do Barcelona ainda não pode ser, assim, declarado como vencedor, pois há campeonatos a decorrer, sendo que Quagliarella, terceiro da tabela, teria de marcar 11 golos para tirar o troféu ao argentino.

Lionel Messi, que cumpre 32 anos a 24 de junho, tinha triunfado com 34 golos em 2009/10 e na época passada, vai vencer com 36 em 2018/19, somou 37 em 2016/17, 46 em 2012/13 e um recorde absoluto de 50 em 2011/12.

Na Liga espanhola 2018/19, o argentino, que disputou 34 jogos, ficou 11 vezes em branco, apontou 13 vezes um golo, ‘bisou’ em sete ocasiões e logrou ainda três ‘hat-tricks’.

  • Classificação da ‘Bota de Ouro’ 2018/19 (x):

1. Lionel Messi, Argentina (Barcelona) 36 golos/72 pontos

2. Kylian Mbappé, França (Paris Saint-Germain) 33/66

3. Fabio Quagliarella, Itália (Sampdoria) 26/52

4. Robert Skov, Dinamarca (FC Copenhaga) 30/45

. Mbaye Diagne, Senegal (Galatasaray) 30/45

6. Robert Lewandowski, Polónia (Bayern Munique) 22/44

. Mohamed Salag, Egito (Liverpool) 22/44

. Nicolas Pépé, Costa do Marfim (Lille) 22/44

. Pierre-Emerick Aubameyang, Gabão (Arsenal) 22/44

. Krzysztof Piatek, Polónia (Génova/AC Milan) 22/44

. Duván Zapata, Colômbia (Atalanta) 22/44

. Sadio Mané, Senegal (Liverpool) 22/44

(x) – Classificação provisória.