Rádio Observador

Cartoon

Animais, futebol, ironia e “nonsense”: alguns dos desenhos de Mordillo

780

O cartoonista Guillhermo Morillo morreu este sábado, aos 86 anos. Ficou mundialmente conhecido pelos seus mais de 2 mil desenhos sem quaisquer palavras. A ironia era o tom recorrente do autor.

O cartoonista argentino Guillermo Morillo morreu este sábado, em Maiorca, aos 86 anos. Para trás, deixa um legado de mais de 2 mil desenhos, onde a ironia ou o nonsense eram frequentemente o tom utilizado e nos quais o futebol ou os animais figuravam com destaque.

Nesta fotogaleria, recorde alguns dos trabalhos do cartoonista Morillo:

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: jadias@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)