A Polícia Judiciária da Guiné-Bissau anunciou esta sexta-feira a apreensão de quase 10 quilogramas de cocaína no aeroporto Osvaldo Vieira, em Bissau, que chegou num voo oriundo de Lisboa, dissimulada em roupa de cama.

A droga chegou ao país num avião da TAP e a apreensão foi feita em “colaboração com a unidade nacional de combate à droga da Polícia Judiciária portuguesa”, disse aos jornalistas o diretor nacional adjunto da PJ, Domingos Correia.

A cocaína vinha dissimulada em duas embalagens e em carga não acompanhada, não tendo sido detido ninguém até ao momento, afirmou o diretor nacional adjunto da PJ.

“É um novo ‘modus operandi’ e a PJ está a trabalhar no sentido de ter mais detalhes”, salientou Domingos Correia.

O diretor nacional adjunto da PJ guineense reafirmou a determinação das autoridades da Guiné-Bissau em “lutar eficazmente contra o tráfico de droga”. “A PJ continuará a fazer o seu trabalho para livrar o país de organizações criminosas”, sublinhou.