No primeiro semestre de 2019, a SEAT Portugal registou um aumento de vendas de 10,2%. Um feito admirável, num momento em que o mercado regista um recuo de 4,4%, depois de um crescimento de 2,6% em 2018 (somando o sexto ano consecutivo de aumento de vendas e o maior valor de vendas nos 68 anos de história da empresa).

No passado mês de Junho, a Marca apresentou um aumento de vendas de 5,8%, para um total de 1192 automóveis vendidos (contra 1127 em 2018) e, entre janeiro e junho a SEAT entregou 6.249 viaturas, contra os 5.669 automóveis  do ano anterior. Coloca-se, assim, em oitavo lugar das marcas mais vendidas em Portugal, com uma quota de mercado de cerca de 5%.

Segundo João Borrego, Diretor de Vendas da SEAT Portugal, “este crescimento tem vindo a acontecer de forma sólida, apesar do ambiente económico complexo, e a SEAT continua a ganhar quota de mercado, graças à sua ofensiva de produto, em especial à gama SUV – Arona, Ateca e Tarraco”.

DADOS VENDA DE CARROS 

Mostrar Esconder

Período: Janeiro a maio de 2019 / Período homólogo

  • Alemanha – 52.900 (+14,6%
  • França – 14.600 (+16,5%)
  • Itália – 12.400 (+16%)
  • Espanha –  52.500 (+4%)
  • Reino Unido – 31.000 (+5,5%)

Os outros“culpados”

O setor automóvel acompanha de perto a evolução da economia e, segundo a ACAP – Associação Do Comércio Automóvel De Portugal, as perspetivas para 2019 são de estagnação, ou mesmo de descida do mercado. A SEAT apresenta-se assim, efetivamente, em contraciclo. E, embora estes valores digam respeito à totalidade de vendas, a verdade é que a CUPRA registou um novo recorde e é, também uma das responsáveis pelo sucesso global da marca.

Em maio deste ano, Wayne Griffiths, Vice-Presidente Comercial da SEAT e CEO da CUPRA, declarava a este propósito aspirar a manter a tendência de crescimento a dois dígitos nos próximos meses. “Avançamos em todos os principais mercados e, em particular, na Alemanha, França e Itália, com aumentos de cerca de 15%. A gama SUV continua a produzir grandes resultados, e a CUPRA está a superar as nossas expectativas globais e está-se a tornar cada vez mais relevante em países como Alemanha, Reino Unido e Suíça”. A observar pelo comportamento da Marca no mês seguinte ao das suas declarações, acreditamos facilmente nas suas previsões.

 Novidades ao largo

Neste caminho seguro e continuado, rumo ao sucesso, a SEAT lançará dois novos modelos no mercado no segundo semestre deste ano. O novo Tarraco será o primeiro a ver a luz do dia, a 18 de setembro, na cidade de Tarragona, no Tarraco Arena, e vai juntar-se aos irmãos Arona e Ateca. Seguir-se-ão o CUPRA Ateca, o primeiro novo modelo da marca CUPRA, e o Arona TGI, o primeiro SUV do mercado alimentado por gás natural comprimido. A versão mais sustentável do Arona juntar-se-á, nas últimas semanas do ano, à gama GNC da SEAT, que conta com o Mii, o Ibiza e o Leon.

Não há dúvida de que o horizonte de sucesso da SEAT está bem definido e é para lá que todos os caminhos convergem.

Saiba mais sobre inovação Seat em https://observador.pt/seccao/inovamente/