Carlos Bilardo, ex-selecionador argentino, está hospitalizado em estado grave. O treinador foi sujeito a uma intervenção cirurgica ao cérebro, noticiou a agência AFP.

Bilardo sofre de síndrome de Hakim-Adams, um problema neurológico. O selecionador, que foi campeão mundial de futebol em 1986, pela Argentina, está há 48 horas nos cuidados intensivos do Instituto de Diagnóstico, em Buenos Aires.

Carlos Bilardo assumiu a seleção argentina em 1982 e foi responsável pela conquista do último Mundial do país. Médico de profissão, Bilardo também levou a Argentina à final do Mundial de 1990 – no qual o país perdeu contra a Alemanha.

No Twitter, a Associação de Futebol Argentina prestou uma homenagem ao treinador. “Estamos junto a si”, pode ler-se na publicação.