O autocarro de campanha da candidatura do PS às eleições legislativas da Madeira foi vandalizado esta madrugada, na ilha do Porto Santo, ficando impossibilitado de circular por questões de segurança, divulgou o partido.

“O PS/Madeira denuncia e repudia o ato de vandalismo efetuado durante a madrugada deste sábado no Porto Santo no autocarro da sua candidatura às eleições regionais”, refere-se um comunicado de imprensa.

A situação foi reportada às entidades policiais competentes, que tomaram conta da ocorrência, sendo que o veículo apresenta vários vidros partidos.

O autocarro encontrava-se no Porto Santo para dinamizar ações no âmbito da pré-campanha para as eleições de 22 de setembro, nomeadamente o comício agendado para este sábado, às 21:00, no centro da cidade Vila Baleira, com a presença do cabeça de lista, Paulo Cafôfo.

“O PS/Madeira lamenta que, em pleno século XXI, ainda se promova este tipo de atos lamentáveis na Madeira, que são reveladores de falta de civismo, de respeito pela diversidade de opinião e pela liberdade e défice democrático”, salienta o partido.

A candidatura socialista sublinha, no entanto, que a situação “dá ainda mais ânimo e motivação para mudar a região”.

“Estes atos de vandalismo gratuito só dão mais força para prosseguirmos com o nosso projeto de mudança. Queremos uma região autónoma livre, democrática, e onde as políticas públicas façam realmente a diferença na vida de todas as pessoas”, refere-se no comunicado.