Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Desde que se conheceram que embarcaram numa relação marcada por altos e baixos, tal qual uma montanha-russa, mas tudo parecia ter terminado bem quando, em dezembro de 2018, decidiram casar numa cerimónia íntima, depois de anos de um namoro nem sempre estável. Entretanto, o fim de semana que passou acabou por se provar fatal para relação: Miley Cyrus e Liam Hemsworth estão oficialmente separados depois de um casamento de sensivelmente oito meses.

A separação foi confirmada à revista norte-americana People, com um representante da cantora a assegurar que o fim do casamento estava a ser encarado pelos protagonistas como uma oportunidade para ambos se focarem neles próprios e também nas respetivas carreiras. O mesmo representante assegurou que o ator e a cantora vão permanecer “pais dedicados” tendo em conta todos os animais que têm em comum.

Liam e Miley concordaram em separar-se. Sempre em evolução, mudando enquanto parceiros e indivíduos, eles decidiram que isto era o melhor à medida que se focam neles próprios e nas carreiras. Eles permanecem pais dedicados de todos os animais que partilham. (…) Por favor, respeitam o processo e a sua privacidade”, disse o representante da cantora à People.

Liam Hemsworth, 29 anos, e Miley Cyrus, de 26, conheceram-se em 2009 nas filmagens de “A Melodia do Amor”, película onde faziam de par romântico. Foi uma relação que começou e acabou algumas vezes até que o ator australiano, o irmão mais novo de Chris Hemsworth, pediu-a em casamento em 2012. O noivado terminou um ano depois e o casal só voltou a juntar-se em 2015. Casaram finalmente em dezembro do ano passado.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Horas depois de terem confirmado a separação — a qual está, presentemente, a dominar a imprensa internacional –, Cyrus foi fotografada a beijar a ex-namorada de Brody Jenner, filho de Caitlyn Jenner e conhecido por fazer parte de reality shows como o “Keeping Up with the Kardashians”, numa viagem pelos cenários de Itália que está a ser amplamente documentada (ou “instagramada“) pela cantora.

Cyrus, que já antes foi bastante aberta sobre a sua sexualidade, assumindo-se publicamente como pansexual, deu uma entrevista recente à edição de agosto da Elle, na qual comentou que o seu romance com o marido era “complexo e moderno”. “Acho que as pessoas ficam muito confusas por eu ter casado”, disse à publicação no mês passado. “Mas a minha relação é única. (…) Será que as pessoas pensam mesmo que estou em casa com um avental de m**** a cozinhar um jantar? Estou numa relação heterossexual, mas continuo muito sexualmente atraída por mulheres. (…) Eu tomei uma decisão em relação a um parceiro. Esta é a pessoa que sinto que mais me apoia. Definitivamente não encaixo num papel estereotipado de esposa. Nem gosto dessa palavra”, afirmou ainda.

Miley Cyrus é pansexual. Mas o que é isso?

Enquanto isso, Liam Hemsworth foi apanhado pelas lentes dos fotógrafos a passear, com ar cabisbaixo, por ruas australianas. Interpelado pelo Daily Mail Australia, Liam limitou-se a dizer “Vocês não entendem como isto é. Eu não quero falar sobre isto.”