Ao que parece, o estrelato não é o único aspeto precoce da vida de Millie Bobby Brown. Aos 15 anos, a atriz lança-se como empresária e anuncia a chegada de uma marca de maquilhagem. “Desde os 10, 11 anos que me sento em cadeiras de maquilhagem e que me são apresentados todos os tipos de produtos. Já tive efeitos especiais na cara, sangue, diferentes tipos de base… Quis entrar no ramo [da maquilhagem e dos cuidados de rosto] porque existe uma falha no mercado dos mais jovens”, afirmou Bobby Brown à WWD.

A Eleven de “Stranger Things”, série da Netflix que já vai na terceira temporada, não avançou nenhuma data para o lançamento, mas revelou que a escolha do nome — Florence by Mills — é uma homenagem à bisavó, matriarca da família Brown. A jovem atriz disse ainda que a marca terá os selos vegan e cruelty-free, ou seja, nenhum dos produtos ou componentes é testado em animais. Ao mesmo tempo, fica a promessa de que parte das receitas irão reverter para a Olivia Hope Foundation, instituição norte-americana que apoia crianças com cancro.

A tenra idade de Millie, bem como a sua experiência e necessidades pessoais, parecem ter sido o ponto de partida para o desenvolvimento dos produtos. O público alvo será a geração z, ou seja, o mercado pós-millennial. O primeiro lançamento incluirá cremes hidratantes com cobertura para o rosto e almofadas de gel para os olhos, entre outros itens que estarão à venda online, mas também nas cadeias Ultra Beauty e Boots. Os preços vão oscilar entre os 10 e os 34 dólares (entre 9 e 30 euros).

A jovem atriz já partilhou um vídeo com declarações sobre o novo projeto na sua conta de Instagram, que também ganhou um perfil próprio (na mesma rede social) nas últimas 24 horas. O certo é que o nome Bobbi Brown já tem o seu peso no mundo da cosmética. Millie partilha-o com a reputada maquilhadora norte-americana que, em 1991, fundou uma marca homónima, atualmente na posse da Estée Lauder Companies Inc.

Depois de se ter tornado um dos ícones de estilo mais jovens de Hollywood, Millie estreia-se na pele de empreendedora, seguindo os passos de muitas outras celebridades do cinema e da música. Kylie Jenner pode ser a mais bem sucedida financeiramente, mas Rihanna tem conquistado o mercado com o seu apelo à diversidade através da maquilhagem. Lady Gaga foi a última a chegar. Os casos são já suficientes para falar em tendência. Logo, a questão que se impõe é: quem será a próxima?