A indústria do entretenimento regressou às cerimónias de entrega de prémios com a 71.ª edição dos Emmy Awards, que na segunda-feira de madrugada, dia 23 de setembro, ocupou o Microsoft Theater, em Los Angeles. Como de costume, a passadeira vermelha (neste caso roxa) antecedeu a distribuição das muitas estatuetas que visam celebrar o melhor que se faz na televisão. E se no ano passado o amarelo dominou as escolhas das celebridades — e as plumas deram um ar da sua graça –, este ano foi difícil encontrar um fio condutor no meio de lantejoulas, brilhos, rachas vertiginosas, muito tule, tons pastéis, padrões florais e vestidos monocromáticos. Ainda assim, a variedade que captou a atenção das objetivas não trouxe arrojo, isto não contando com o look da atriz Gwendoline Christie, que desfilou num Gucci Resort 2020 a fazer lembrar o adjetivo “épico” (quer se goste ou não).

À falta de atrevimento, destaca-se a elegância. A começar por Emilia Clarke, que optou por um vestido decotado da Maison Valentino, conjugado com cabelos morenos penteados para trás e brincos statement. As colegas que com ela contracenaram na série “Guerra dos Tronos” — que para esta edição dos Emmy conseguiu um número recorde de nomeações — não lhe ficaram atrás: Sophie Turner rendeu-se ao Louis Vuitton em rosa pastel e Maisie Williams elegeu um vestido assimétrico da marca britânica JW Anderson que, na verdade, mais parecem dois vestidos cosidos num só. Lena Headey não deve ter recebido o memorando e levou à passadeira um look floral, tal como fez Michelle Williams.

Entre as mais bem vestidas da noite estão nomes como Regina King, com uma peça azul clara que leva a assinatura do designer Jason Wu; Julia Louis-Dreyfus, num dourado Oscar de la Renta, e ainda Sandra Oh, cuja maquilhagem condiz na perfeição com o vestido Zac Posen todo ele em rosa. E se as lantejoulas ficaram a cargo de Rachel Brosnahan (Elie Saab), Patricia Clarkson (Christian Siriano) e Kerry Washington (Alexandre Vauthier), entre outros nomes, Laverne Cox (Monsoori) foi a rainha do tule.

Entre os outfits menos apreciados — a julgar também pelo que se escreve lá fora — está o vestido de látex de Kendall Jenner, sendo que a irmã Kim Kardashian também ficou aquém do que seria de esperar numa passadeira que celebra o que de melhor se faz no pequeno ecrã.

Na fotogaleria, juntámos os looks que marcaram mais uma edição dos Emmy Awards.