Já havia um tomba-gigantes, agora há mais um: o Sintra Football eliminou este sábado o Vitória de Guimarães da Taça de Portugal, na terceira eliminatória da competição. É a segunda grande surpresa da competição, depois de o Sporting ter sido eliminado na quinta-feira pelo Alverca.

O jogo terminou empatado a uma bola no tempo regulamentar (90 minutos), com golos de Elvis, para o Sintra Football, aos 68 minutos, e de Davidson, para o Vitória de Guimarães, aos 86. Face à indefinição do resultado, como preveem as regras, a partida foi a prolongamento, mas o marcador não se alterou. Nos penáltis, o Sintra Football — que, tal como o Alverca, compete no terceiro escalão do futebol português, no Campeonato de Portugal — levou a melhor e eliminou a equipa orientada por Ivo Vieira.

O treinador do Vitória de Guimarães tinha lançado um aviso aos seus jogadores, na antevisão do jogo, em que disse que quem não se empenhasse no jogo contra o conjunto sintrense ficaria fora das opções do jogo com o Arsenal — a próxima partida da equipa, a contar para Liga Europa.