A Portugal Ventures reforçou a aposta no empreendedorismo nos Açores ao investir 800 mil euros em três novas startup (Azores Touch, Cereal Games e Yara Pets), anunciou esta sexta-feira a sociedade de capital de risco.

O Fundo Azores Ventures, criado pela Portugal Ventures (sociedade pública de capital de risco), em parceria com o Governo Regional dos Açores e a Sociedade para o Desenvolvimento empresarial dos Açores (SDEA), tinha investido em duas novas ‘startup’ desde que foi criado, mas agora juntam-se “os investimentos na Cereal Games e na Yara Pets”, refere a sociedade pública de capital de risco em comunicado.

A Portugal Ventures reforçou também o seu portefólio no setor mais dinâmico da economia portuguesa, o turismo, ao investir na Azores Touch, através do fundo Turismo Crescimento, lê-se ainda na nota informativa. O Fundo Azores Ventures, que conta com a participação do Governo Regional dos Açores, visa “colmatar a falha de mercado” para a região dos Açores na dinamização de projetos de inovação e empreendedorismo, bem como aumentar a criação de emprego e competitividade empresarial no arquipélago. Já o investimento na Azores Touch, através do fundo Turismo Crescimento, reflete também o aumento dos indicadores de procura nos Açores como destino turístico, o que potencia o surgimento de mais projetos inovadores nesta área, salienta o comunicado.

O vice presidente da Portugal Ventures, Rui Ferreira, afirmou que “estes novos investimentos resultaram do compromisso assumido pela Portugal Ventures junto do Governo Regional dos Açores, de estreitar relações com o ecossistema do empreendedorismo daquele arquipélago, com vista a identificar projetos e concretizar investimentos na criação de empresas nos Açores”. Pretende-se também que se desenvolvam “atividades inovadores”, que “permitam fixar recursos humanos qualificados” e que sejam reconhecidos como “estratégicos para o desenvolvimento da economia açoriana”.

A startup Azores Touch, fundada por Sérgio Cota em 2016, tem como objetivo proporcionar a melhor experiência possível aos visitantes das ilhas Terceira e Graciosa, desde a sua chegada à partida, tendo como missão facilitar o acesso a todos os serviços e atividades disponíveis,

Já a Cereal Games, criada por Lázaro Raposo em 2014, é uma empresa que se dedica maioritariamente ao desenvolvimento de jogos educativos, com recurso a tecnologias como realidade aumentada, dispositivos móveis e internet das coisas (IoT) para dar resposta a solicitações de autarquias, escolas, museus e centros de observação científica dos Açores.

A Yara Pets, liderada por Dúnio Couto, é uma empresa de desenvolvimento e comercialização de produtos inovadores e patenteáveis para comercialização na área dos animais domésticos, sendo o seu enfoque atual uma inovadora e patenteada (Europa e Estados Unidos) caixa de areia para gatos.

“Estes três investimentos são o resultado do trabalho conjunto desenvolvido pela Portugal Ventures em estreita cooperação com todos os parceiros regionais, em projetos que certamente marcarão a diferença na região”, sublinha a Portugal Ventures no comunicado.

A Portugal Ventures é uma sociedade pública de capital de risco que investe em startup com ambição global. Desde 2012 já investiu mais de 140 milhões de euros em mais de 110 novas empresas.