A tenista eslovena Dalila Jakupovic abandonou esta terça-feira o encontro da primeira ronda de qualificação do Open da Austrália, em Melbourne, com dificuldade em respirar após um ataque de tosse devido à má qualidade do ar. “Nunca tinha sentido isto antes, estava com muito medo”, explicou, citada pela ABC.

“Estava com medo de entrar em colapso. Por isso fui ao chão, porque não aguentava mais andar. Quando estava no chão, era um pouco mais fácil respirar”, disse ainda a eslovena de 28 anos.

Jakupovic, que estava a ganhar o primeiro set contra a suíça Stefanie Vogele por 6-4, interrompeu a partida ao ficar de joelhos no chão com clara dificuldade em respirar, como se pode ver no vídeo partilhado pela ESPN Australia.

Em causa está o fumo intenso e a diminuição acentuada qualidade do ar na Austrália, que desde setembro tem sido devastada por incêndios florestais.

A tenista afirmou ainda que “não é justo” que tivesse sido pedido aos jogadores que participassem no campeonato com estas condições. “Não é saudável para nós. Fiquei surpresa, pensei que não jogaríamos hoje, mas não temos muita escolha”, disse ela.

O fumo era visível a olho nu, tendo sido captado e partilhado no Twitter por alguns jogadores e outras pessoas.

Esta terça-feira de manhã, a organização do Open Austrália viu-se obrigada a suspender os treinos da competição devido ao fumo e à má qualidade do ar em Melbourne Park.