LeBron James reagiu esta terça-feira publicamente pela primeira vez à morte de Kobe Bryant, através de uma publicação emotiva no Instagram, depois de ter sido visto em lágrimas à chegada a Los Angeles, ao sair do avião dos Lakers e saber da morte do rival e amigo.

Numa publicação emocionada no Instagram, o basquetebolista prometeu continuar com  o “legado” de Kobe Bryant e pediu “forças” para seguir em frente.

“Não estou ainda preparado, mas aqui vai. Estou sentado a escrever alguma coisa, mas cada vez que tento, começo a chorar”, escreveu o famoso jogador, que tinha falado com Kobe horas antes de este morrer numa trágica queda do helicóptero em que viajava com mais sete pessoas, incluindo a filha, e que também não sobreviveram. É que LeBron tinha superado um recorde de Kobe e afirmando-se como o terceiro melhor marcador de sempre na história da NBA num jogo em Filadélfia, frente aos Sixers.

“Estou de coração partido e devastado (…) amo-te, meu irmão. O meu coração está com a Vanessa e as crianças”, declarou LeBron, mostrando o seu apoio à mulher e às duas filhas de Kobe Bryant. O basquetebolista despede-se: “Queria dizer tanta coisa mas agora não consigo porque não consigo ultrapassá-lo. Até um dia, meu irmão!”.

O impacto da morte do ícone Kobe Bryant foi tema inevitável no Nem Tudo o que Vai à Rede é Bola, o programa semanal de desporto da Rádio Observador, que pode ouvir aqui.

Todo este episódio das Outras Histórias de Desporto também foi dedicado a esta lenda da NBA.