O momento em que Bong Joon-ho se afastou dos colegas em “Parasitas” e reservou alguns segundos para ficar a admirar a estatueta dourada conquistou os corações dos internautas poucos minutos depois de a cerimónia dos Óscares ter terminado. O realizador subiu ao palco quatro vezes e fez história ao tornar-se no criador do primeiro filme noutra língua que não o inglês a vencer a categoria de Melhor Filme. E reagiu assim ao quarto galardão:

O momento enterneceu o público no Twitter, que não poupou elogios ao filme sul-coreano e aproveitou para, no meio da bondade, fazer poucos dos norte-americanos, pouco habituados a ter de ver filmes legendados. Para os comentadores de bancada nas redes sociais, espera-se o mesmo tipo de reação que se alcança nos Estados Unidos quando uma banda de K-Pop alcança fama internacional.

Fora do mundo de “Parasitas”, a vitória de Joaquín Phoenix e a reação de Martin Scorsese quando Bong Joon-ho assumiu ter no realizador norte-americano uma inspiração.