Dois militares da GNR foram esta terça-feira atacados com sanitas e machados no bairro do Olival, em Vila Nova de Gaia, quando efetuavam a detenção de um indivíduo por conduzir sem carta de condução, disse à Lusa fonte da Guarda.

O incidente deu-se cerca das 14h40 “num bairro problemático” e quando no local estavam apenas os dois militares da GNR destacados para fazer a detenção, acrescentou a fonte.

Cidadãos que estavam nas imediações, continuou a fonte da GNR, “começaram com insultos e ameaças aos dois guardas e dois deles arremessaram sanitas dos prédios vizinhos, tendo uma dela acertado num dos militares”.

“Os dois militares foram também ameaçados com machados por outros dois indivíduos, respondendo com tiros para o ar”, disse.

Pedido o reforço de meios, “foi consumada a detenção e identificadas outras três pessoas pelos desacatos”, acrescentou a Guarda.

A fonte não confirmou se o militar ferido teve necessidade de receber assistência hospitalar.