A Polícia Judiciária (PJ) de Cabo Verde anunciou esta terça-feira que deteve no sábado três homens suspeitos da prática continuada do crime de abuso sexual de menor e de lenocínio na ilha do Sal.

Segundo a mesma fonte, os crimes terão sido cometidos nas localidades de Chã de Matias e Alto Electra e que, à data dos factos, a vítima tinha 12 anos.

Os três homens, com idades compreendidas entre os 47 e 65 anos, ofereciam dinheiro à menor, em troca de favores sexuais, ainda segundo a PJ, que fez a detenção fora de flagrante delito, em cumprimento de um mandado do Ministério Público.

Presentes ao Tribunal da Comarca do Sal, os detidos ficaram sob Termo de Identidade e Residência (TIR), apresentação periódica na PJ, proibição de contacto com a vítima e ainda proibição de saída da ilha do Sal e do país.

A PJ referiu ainda que deteve na segunda-feira, em São Vicente e em flagrante delito, um homem de 36 anos suspeito da prática de um crime de tráfico de droga. O homem, natural de Ribeira Grande de Santo Antão, e residente em Bela Vista, São Vicente, foi o recetor de uma caixa que continha cerca de um quilograma de canábis, proveniente da sua ilha natal.

O detido por tráfico de drogas vai ser apresentado ainda esta terça-feira ao Tribunal da Comarca de São Vicente.