Michel Roux sénior, o chef e restauranteur francês que há várias décadas vivia no Reino Unido, morreu esta quinta-feira aos 79 anos. Foi através de uma publicação no Instagram que a família do cozinheiro que serviu de mentor a nomes como Marco Pierre White, Gordon Pierre Koffman.

O “génio humilde”, como é descrito pela família, que tinha “um apetite insaciável”, morreu vítima de uma doença pulmonar que já enfrentava há vários anos (fibrose pulmonar idiopática) na sua casa, em Bray (Berkshire). O seu trabalho no restaurante que dividia com o irmão Albert, o célebre Le Gavroche, foi marcante na evolução gastronómica não só do Reino Unido mas também do mundo. Inaugurado em 1967, o restaurante foi o primeiro na ilha britânica a alcançar as três estrelas Michelin, em 1982. Hoje em dia é o seu sobrinho, Michel Roux júnior, que lidera o restaurante.

“É com uma profunda tristeza que a família Roux anuncia a morte do nosso amado avô, pai, irmão e tio Michel Roux”, lia-se no mesmo comunicado nas redes sociais. “A família gostava de agradecer a toda a gente o apoio que lhe deram durante a luta contra esta doença. Apesar de sabermos que muitos de vocês vão partilhar o nosso sentimento de perda, pedimos que preservem a privacidade da família nesta altura difícil”, lê-se também.

Somos gratos por ter partilhado as nossas vidas com este homem extraordinário e temos muito orgulho em tudo aquilo que ele conquistou. Um génio humilde, um chef lendário, um autor popular e um professor carismático: Michel deixa este mundo tendo deixado nele uma grande marca.”

Michel tinha 26 anos e o seu irmão Albert 32 quando abriram pela primeira vez as portas do Le Gavroche, casa que se transformaria em templo gastronómico, mesmo depois de ter sido “transportado” de Sloane Square para Mayfair. Tido como um dos melhores cozinheiros de sempre a trabalhar no Reino Unido, Michel não só foi o primeiro a conseguir as três estrelas Michelin em Inglaterra como a primeira de sempre também surgiu graças a ele.

Os “irmãos Roux”, como eram conhecidos, também ficaram responsáveis pelo Waterside Inn, em Bray, em 1972 — 13 anos depois alcançaram novamente o estatuto das três estrelas Michelin, distinção que ainda hoje mantem. Este Waterside Inn faz parte do grupo restrito de restaurantes que têm o tri-estrelato há mais de três décadas (no Reino Unido não há mais nenhum).

Foram tantos (e tão bons) os coizinheiros que aprenderam com Michel Roux que o seu estilo rapidamente ajudou a definir o fine-dining que ainda hoje se serve em terras britânicas. Os irmãos Roux (Albert ainda é vivo, tem 84 anos) também foram responsáveis por criar uma bolsa de estudo em 1984 que ainda hoje existe.

Michel e Albert também foram os primeiros grandes cozinheiros a cozinhar na televisão do Reino Unido. O seu programa na BBC chamava-se “At Home With The Roux Brothers” e passou durante o início da década de 80. Michel escreveu cinco livros e o seu filho, Alain, é o atual responsável pelo Waterside Inn. Robyn Roux, a sua segunda mulher, morreu em 2017. Os dois foram casados durante mais de 30 anos.