Já estão disponíveis no mercado português, com preços a partir de 46.538€, duas opções mild hybrid que passam a poder equipar o XC40, o mais pequeno SUV da Volvo, com a marca a sublinhar desde logo a vantagem da ligeira electrificação permitir baixar os consumos de combustível em até 15%.

Ambas as motorizações são a gasolina e acopladas a caixa automática, estando a entrada na gama representada pelo B4 de 190 cv, disponível nas versões de equipamento Momentum Plus, Inscription e R-Design. Sempre com tracção dianteira, este mild hybrid anuncia um consumo combinado entre 7,2 e 7,8 l/100 km com emissões de CO2/km entre 162 e 175g.

O XC40 pode ainda contar com uma alternativa mais possante, a B5 de 247 cv AWD (tracção integral), que homologou consumos entre 7,7 e 8,2 l/100 km e emissões de CO2 na ordem dos 174-186 g/km. Neste caso, o SUV escandinavo pode apenas ser configurado com os níveis de equipamento de topo, designadamente Inscription e R-Design – esta última versão é a mais cara entre os novos mild hybrid, sendo proposta por valores que se iniciam nos 55.420€.

Apresentada em 2019, a tecnologia mild hybrid da Volvo consiste, tal como acontece com os demais fabricantes, em apoiar o motor a combustão com uma pequena unidade eléctrica de 48 volts (10 kW e 40 Nm), sendo por via desta que a recuperação de energia é potenciada, nomeadamente nas travagens.