A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) anunciou esta terça-feira a criação de uma linha de crédito de 100 milhões de reais (cerca de 18,4 milhões de euros) para os clubes que enfrentam dificuldades financeiras devido à pandemia de Covid-19.

“Os recursos serão concedidos mediante a garantia dos valores que os clubes recebem pelos direitos de transmissão dos jogos e dos prémios por desempenho nos respetivos campeonatos”, assinalou a CBF, explicando que o empréstimo é isento de juros.

Os campeonatos estaduais brasileiros foram suspensos em março, numa fase em que o Flamengo, treinado pelo português Jorge Jesus, disputava o campeonato do Rio de Janeiro, e o Santos, orientado por Jesualdo Ferreira, a competição de São Paulo.

O Brasil já é o segundo país no mundo, atrás dos Estados Unidos, com maior número de contágios pelo novo coronavírus, com 707.412 casos, e o terceiro país no mundo com mais mortes, um pouco cima das 37.000.

A pandemia de Covid-19 já provocou mais de 404 mil mortos e infetou mais de sete milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo o balanço feito pela agência francesa AFP.