O Bayern Munique venceu esta quarta-feira por 2-1 o Eintracht Frankfurt, nas meias-finais da Taça da Alemanha de futebol, e vai defender a posse do troféu frente ao Bayer Leverkusen, em 04 de julho, em Berlim.

Numa partida que opôs os vencedores das últimas duas edições, o Bayern ergueu o troféu em 2019 e o Eintracht Frankfurt em 2018, na final disputada com os bávaros, entrou melhor a formação de Munique, com uma mão cheia de oportunidades.

O Bayern Munique chegou à vantagem pelo croata Ivan Perisic (1-0), aos 14 minutos, materializando em golo a supremacia exercida, perante um Eintracht Frankfurt algo permeável e com o português André Silva desapoiado na frente do ataque.

A praticar um futebol demolidor, que se traduz em cinco triunfos consecutivos desde o reinício da Bundesliga, que os coloca a dois triunfos do oitavo título consecutivo, o Bayern Munique esteve perto de aumentar pelo polaco Robert Lewandowski, aos 31 minutos.

Já na segunda parte, o Eintracht Frankfurt chegou ao empate por Danny Costa (1-1), aos 69 minutos, e relançou a eliminatória, mas o polaco Robert Lewandwski marcou aos 74 o seu 45.º golo da época, em todas as provas, e desfez a igualdade.

Em 04 de julho, no Estádio Olímpico de Berlim, o Bayern Munique volta a marcar presença na final, tal como fez o ano passado, em que alcançou a dobradinha, desta feita contra o Bayer Leverkusen, que na terça-feira eliminou o Saarbrüken (3-0), que fez história ao ser o primeiro clube da 4.ª divisão a atingir as meias-finais.

O médio alemão Kerem Demirbay foi a grande figura do jogo, ao fazer as três assistências para os golos do Bayer Leverkusen, que marcou por intermédio do atacante francês Moussa Diaby, aos 11 minutos, pelo avançado argentino Lucas Alario, aos 19, e pelo médio alemão Karim Bellarabi, aos 58.