Os ministros responsáveis pela Igualdade de Género que integram o Partido Socialista Europeu (PSE), incluindo Mariana Vieira da Silva, apelaram esta quarta-feira à adoção de políticas de reforço dos direitos das mulheres.

“Os ministros do PSE para a Igualdade de Género e Direitos das Mulheres apelam a um compromisso claro e contínuo da UE e de todos os seus Estados-membros no sentido de reforçar os direitos da mulher e igualdade de género – política, económica ou socialmente”, segundo uma declaração conjunta, assinada pelos tutelares da pasta em Portugal, Alemanha, Bélgica, Malta e Luxemburgo.

Na declaração, os cinco ministros salientaram ter chegado o momento “de colocar a igualdade de género e os direitos das mulheres no cerne da estratégia de recuperação da UE”.

“Pedimos aos líderes da UE que assumam a sua responsabilidade”, lê-se ainda na declaração.

Para os signatários, melhorar a igualdade de género levará a um maior crescimento económico bem como da diversidade e justiça.

A ministra de Estado e da Presidência, Mariana Vieira da Silva, tem a tutela da Igualdade de Género em Portugal.