A “culpa” continua a ser, de forma inevitável, da pandemia. Mas este era em tudo um sorteio da Liga dos Campeões diferente do habitual e por variadas razões: 1) nunca a principal prova europeia de clubes teve uma Final Eight para decidir o vencedor; 2) nunca as últimas eliminatórias foram discutidas num só jogo; 3) nunca, ou quase nunca, os tão aguardados “papelinhos” tinham duas equipas separadas com uma barra em vez de uma só equipa.

‘Final a oito’ da Liga dos Campeões em Lisboa disputada à porta fechada

Podíamos continua a lista mas a ideia está percebida – depois do regresso das competições nacionais, a UEFA teve de encontrar um modelo possível que permitisse acabar as provas europeias, neste caso em Lisboa, que recebe as grandes decisões em agosto. Foi por isso que Paulo Sousa, antigo internacional que na última época esteve à frente dos comandos do Bordéus e que foi o primeiro como jogador a conquistar a Liga dos Campeões em dois anos seguidos por equipas diferentes (Juventus e B. Dortmund), ajudou no sorteio realizado esta sexta-feira, com os representantes dos clubes envolvidos a estarem representados através de videoconferência, e que traçou o caminho até à final no Estádio da Luz, a 23 de agosto. E com grandes jogos pela frente, além dos que já estavam marcados.

Com Atl. Madrid (1-0 e 3-2 após prolongamento frente ao Liverpool), RB Leipzig (1-0 e 3-0 ao Tottenham), PSG (1-2 e 2-0 com o B. Dortmund) e Atalanta (4-1 e 4-3 diante do Valencia) já apurados para os quartos, existem quatro encontros por disputar relativos à segunda mão dos oitavos da Champions, que se realizam a 7 e 8 de agosto nos estádios das equipas visitadas e não no Porto e em Guimarães, como estava delineado como plano B em caso de necessidade: Barcelona-Nápoles (1-1), Bayern-Chelsea (3-0), Juventus-Lyon (0-1) e Manchester City-Real (2-1).

Sondagem. Mais de 70% considera “muito importante” Liga dos Campeões em Portugal

A partir daí, o emparelhamento para os quartos (a 12, 13, 14 e 15 de agosto) será o seguinte:

  • Jogo 1: Real Madrid/Manchester City-Lyon/Juventus
  • Jogo 2: RB Leipzig-Atl. Madrid
  • Jogo 3: Nápoles/Barcelona-Chelsea/Bayern
  • Jogo 4: Atalanta-PSG

Já em relação às meias-finais (a 18 e 19 de agosto), os cruzamentos serão os seguintes:

  • Finalista 1: Jogo 1-Jogo 3
  • Finalista 2: Jogo 4-Jogo 2

Ou seja, e resumindo o que aconteceu no sorteio, as quatro equipas já apuradas irão disputar entre elas a decisão da final, cruzando nos quartos e nas meias com vantagem teórica para Atl. Madrid e PSG, ao passo que no outro lado do emparelhamento podemos ter jogos como Manchester City ou Real Madrid contra Juventus ou Lyon (ou seja, Ronaldo poderá defrontar a antiga equipa) e Barcelona ou Nápoles contra Bayern ou Chelsea, que poderá juntar nos quartos dois dos principais favoritos à vitória. Os vencedores irão depois jogar nas meias.