Zindzi Mandela, filha dos líderes anti-apartheid da África do Sul, Nelson Mandela e Winie Mandela, morreu esta segunda-feira aos 59 anos. De acordo com a televisão estatal South African Broadcasting Corporation (SABC) Zindzi Mandela morreu na manhã desta segunda-feira num hospital de Joanesburgo.

Zindzi Mandela era embaixadora da África do Sul na Dinamarca.

A filha de Nelson Mandela destacou-se em 1985, quando o regime do apartheid tentou negociar com o líder histórico do ANC a liberdade caso denunciasse os crimes praticados pelo Congresso Nacional Africano. Zindzi Mandela leu publicamente a carta do pai rejeitando a proposta num ato político que foi transmitido em todo o mundo.