No dia em que morreram mais seis pessoas com Covid-19 em Portugal, a boa notícia foi a diminuição do número de novas infeções, que passou dos 306 de ontem para os 233 de hoje — o valor mais baixo nos últimos oito dias. Também merece destaque o significativo aumento do número de recuperados, que teve um crescimento na ordem dos 1,6%. Ou seja, nas últimas 24 horas houve mais 485 recuperados, valor que coloca o total nos 31550. O aumento do número de mortes é de 0,4%, já que ontem registaram-se apenas dois óbitos. O total do país encontra-se nos 1668.

Nas últimas 24 horas registaram-se ainda mais cinco casos de internamentos motivados pela Covid-19 (um aumento de 1,1%) e mais seis entradas em Unidades de Cuidados Intensivos (mais 9,5%). Comparando os números de ontem com os de hoje é possível verificar que a taxa de letalidade mantém-se nos 3,55%, valor mesmo assim mais baixo do que o registado na semana passada (3,68%).

Analisando os novos dados sobre a Covid-19 em Portugal em termos de regiões vê-se que Lisboa e Vale do Tejo continua a liderar a lista das zonas com maior número de casos, registando um aumento de 143 novos casos (mais 0,6%) em comparação com as 24 horas anteriores. Na região Norte houve mais 42 novos casos (aumento de 0,2%) enquanto na zona Centro, a terceira mais afetada do país, houve um aumento de 0,5% (21 novos casos). Na zona Sul o aumento foi de 2,4% (mais 17 novos casos) e no Alentejo houve mais 10 doentes a acusar positivo, um aumento de 1,7%.

Não houve qualquer registo de novos casos nas regiões autónomas dos Açores e da Madeira (continuam com 152 e 99, respetivamente).

Das seis vítimas mortais registadas, cinco eram mulheres (duas entre os 70 e 79 anos; três com mais de 80) e apenas uma era do sexo masculino, na faixa etária entre os 70 e os 79 anos. Estes novos valores mantêm a tendência do maior número de mortes a verificar-se em pessoas com mais de 80 anos.

Há ainda a ressalvar os números de Reguengos de Monsaraz, localidade que teve um surto num lar e que continua a registar mais casos novos todos os dias — desta vez teve mais 23, número que eleva o total para 155. Faro e Portimão, mais a sul, também tiveram um aumento de casos considerável, registando-se, respetivamente, mais 21 e 12 novas infeções.