Portugal vai acolher em 2021 o KondZilla Festival, festival de música criado no Brasil que inclui concertos de alguns dos maiores artistas brasileiros de baile funk.

A notícia foi dada por KondZilla ao Observador, em entrevista que poderá ler na íntegra nos próximos dias. O diretor musical, produtor e fundador da holding com o mesmo nome, que produz videoclips e séries (como “Sintonia”, exibida na Netflix), que agencia alguns dos maiores artistas de funk no mundo e que detém o maior canal de música no Youtube do Brasil — o “Canal KondZilla”, com quase 60 milhões de subscritores — revelou a novidade e deu conta de dois artistas já confirmados: a estrela pop brasileira Kevinho e o cantor português David Carreira.

O KondZilla Festival é o maior festival de funk [brasileiro] do planeta e acontecerá aqui no nosso segundo maior território, o maior a seguir ao Brasil. É uma alegria estarmos a divulgar isso. E podemos confirmar já a presença do Kevinho e do David [Carreira]”, apontou o empresário e executivo da produtora musical e audiovisual.

O “gatilho” para a realização do festival em Portugal em 2021 — ainda sem data exata e local definidos — foi “uma música recente” lançada por Kevinho e David Carreira, em parceria. O tema chama-se “Festa” e motivou a conclusão de que “fazia sentido, além de fazer a parceria na canção, fazer uma parceria neste evento”.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

O fundador da holding que detém empresas como a KondZilla Records e a KondZilla Filmes, a marca licenciada KondZilla (com merchandising e vários produtos associados) e o portal digital e de media KondZilla, explicou ainda que “seja no Youtube seja em outras plataformas de streaming, Portugal consome sempre muito os nossos conteúdos”.

Além disso, há um outro detalhe de relevo: “O meu sócio é filho de portugueses”, contou KondZilla, acrescentando que por isso os dois tiveram sempre “o sonho de expandir” o funk brasileiro e os eventos ao vivo de este género musical — como este festival — para Portugal.

As expectativas são altas até porque, apontou o fundador do império brasileiro na área do entretenimento, “todas as vezes que fizemos digressões de concertos dos nossos talentos aqui em Portugal foi super legal. O Kevinho todas as vezes que vai a Portugal esgota todos os eventos. Estamos muito felizes e ansiosos”.