Dark Mode 167kWh poupados com o Asset 1
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica. Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Portugal ultrapassa as 3 mil mortes por Covid-19 desde março. Novos recuperados duplicam

No segundo pior dia em número com mais mortes por Covid-19, Portugal ultrapassou as 3.000 vítimas mortais desde o início da epidemia. O número de novos recuperados duplicou em relação a segunda-feira.

i

AFP via Getty Images

AFP via Getty Images

Portugal ultrapassou as três mil mortes por Covid-19 desde que a epidemia começou em Portugal. Esta terça-feira registaram-se mais 62 mortes pela doença provocada pelo novo coronavírus, o segundo pior dia — menos uma do que na segunda-feira, quando foi atingido um novo máximo —, elevando o número de vítimas mortais para 3.021. Houve também 3.817 novos casos de infeção pelo novo coronavírus. É o número mais baixo de novos casos em 24 horas desde 4 de novembro.

O número de novos recuperados duplicou em relação à métrica que tinha sido anunciada na segunda-feira pela Direção-Geral da Saúde (DGS). Foram mais 4.795, elevando o número de sobreviventes da Covid-19 para 106.878. O boletim das autoridades de saúde contabiliza também menos 1.040 casos ativos de infeção pelo novo coronavírus, o primeiro decréscimo desde 3 de novembro. São agora 77.338, indica o documento.

Entre os 3.817 novos casos, 2.663 foram registados na zona Norte (70%). Lisboa e Vale do Tejo tem mais 736 casos e o Centro mais 290, seguindo-se o Algarve com mais 57, o Alentejo com mais 41, os Açores com mais 21 e a Madeira com mais nove.

O Norte também registou 31 das mortes por Covid-19 — ou seja, metade das novas fatalidades. Houve mais 17 mortes em Lisboa e Vale do Tejo, 11 na região Centro e três no Alentejo.

A maioria dos novos casos de infeção pelo novo coronavírus ocorreram na faixa etária entre os 40 e os 49 anos: 637 casos. Segue-se a faixa etária dos 20 aos 29 anos (594 casos), 50 aos 50 anos (564 casos) e 30 aos 39 anos (515 casos). Juntas, estas faixas etárias englobam 60% da totalidade de novos casos.

A maior parte das mortes registadas nas últimas 24 horas continuaram a verificar-se sobretudo na faixa etária dos 80 anos ou mais. Entre as 62 mortes registadas na segunda-feira, 39 (63%) estavam nessa faixa etária. Houve ainda mais 13 mortes com entre 70 e 79 anos, mais sete mortes na faixa etária dos 60 aos 69 anos, mais duas vítimas mortais com 40 a 49 anos e uma com entre 50 e 59 anos.

Mais noventa e uma pessoas estão em internamento por complicações causadas pela Covid-19, elevando o total de internados neste momento para 2.742. Há 382 pessoas internadas em cuidados intensivos, menos nove do que o reportado na segunda-feira.

Recomendamos

A página está a demorar muito tempo.