A CGTP marcou esta quinta-feira uma semana de luta descentralizada, para decorrer entre os dias 7 e 11 de dezembro, em defesa de aumentos salariais generalizados, redução do horário de trabalho e emprego com direitos.

A decisão foi tomada na reunião do Conselho Nacional da Intersindical, que se realizou no salão da Voz do Operário, em Lisboa, para garantir o distanciamento social entre os cerca de 100 participantes.

A semana de “Ação e Luta em todos os sectores” vai ter como lema “Proteger os trabalhadores! Aumentar salários! Garantir direitos!” e como sub-lema “Em luta pelo emprego com direitos, contratação coletiva, 35 horas, reforço dos serviços públicos”.

Segundo a resolução aprovada pelo Conselho Nacional, a iniciativa tem como objetivo “dar força e expressão à ação reivindicativa nos locais de trabalho, […] com plenários, concentrações, manifestações e greves, em torno das reivindicações concretas dos trabalhadores dos diversos sectores de atividade, […] em todos os distritos e regiões autónomas”.