“Já se passaram sete dias desde que você partiu.” É assim que começa o texto de Pelé dedicado ao “amigo” Diego Maradona. Sete dias após a morte do jogador de futebol argentino, o craque brasileiro regressou ao Instagram para recordar “uma verdadeira lenda” que foi, acima de tudo, “um grande amigo”.

“Muitas pessoas adoravam nos comparar durante toda a vida. Você foi um génio que encantou o mundo. Um mágico com a bola nos pés. Uma verdadeira lenda. Mas acima disso tudo, para mim, você sempre será um grande amigo, com um coração maior ainda”, escreveu Pelé.

Maradona morreu na passada quarta-feira, na cidade de Tigre, depois de ter sofrido uma paragem cardiorrespiratória. Segundo a imprensa argentina, “El Pibe”, como era conhecido, encontrava-se a recuperar após uma intervenção cirúrgica a um coágulo no cérebro. Pelé reagiu à “triste notícia” da morte do ex-jogador com uma curta publicação no Instagram, onde lamentou a perda de “uma lenda” e de “um grande amigo”. “Ainda há muito a ser dito, mas por agora, que Deus dê força para os familiares.”

Esta quarta-feira, Pelé voltou para escrever o “muito” que havia para ser dito. “Hoje, eu sei que o mundo seria muito melhor se pudéssemos comparar menos uns aos outros e passássemos a admirar mais uns aos outros. Por isso, quero dizer que você é incomparável”, disse, lembrando como ele e Maradona sempre foram comparados “durante toda a vida”.

“A sua trajetória foi marcada pela honestidade. Você sempre declarou seus amores e desamores aos quatro ventos. E com esse seu jeito particular, ensina que temos que amar e dizer “eu te amo” muito mais vezes. Sua partida rápida não me deixou dizer, então apenas escrevo: Eu te amo, Diego.”

Agradecendo por toda “a nossa jornada”, Pelé garantiu que, “um dia, lá no céu”, os dois craques irão “jogar juntos no mesmo time”. “E vai ser a primeira vez que eu vou dar socos no ar sem estar comemorando um gol, mas sim, por poder te dar mais um abraço.”