Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

O Ford Mustang Hoonicorn, preparado pela equipa de Ken Block, o conhecido acrobata do volante, é um dos monstros mais populares entre os que apreciam saltos, piões e derrapagens a grande velocidade. Mas, desta vez, o Hoonicorn enfrenta um adversário à altura numa prova de arranque, um Mazda RX-7 que tem igualmente uma série de truques na manga.

O Ford de Ken Block, originalmente um Mustang de 1965, monta um motor V8 biturbo, com 6,7 litros, com os escapes directos à saída do turbocompressor e uma potência total de 1400 cv. A potência é colocada no asfalto através de uma caixa Sadev sequencial de seis velocidades, fabricante que também fornece o sistema de tracção integral.

Frente ao Hoonicorn está o Mazda RX-7 do youtuber Rob Dahm, um modelo de 2001 que é certamente o mais assanhado dos desportivos com motor rotativo. Usufruindo de quatro rotores soprados por um turbo de dimensões mais que generosas, o modelo debita 1240 cv. A transmissão da potência passa por uma caixa sequencial de seis velocidades, a caminho de um sistema de tracção integral herdado de um Nissan Skyline R32 GT-R, de 1994.

O vídeo é extenso, mas curioso, para quem gosta deste tipo de monstros. Explica como ambos os modelos foram concebidos e qual o seu verdadeiro potencial. Veja abaixo quem venceu as drag races e deixe-se impressionar com a rapidez do Ford e do Mazda.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR