A General Motors (GM) desdobrou-se em acções para espicaçar os fãs do Hummer, criando apetência para o regresso do mastodôntico veículo, agora movido exclusivamente a bateria e em formato de pick-up. Entre teasers e fugas “inesperadas”, criou-se uma enorme expectativa em torno deste regresso. E os atributos prometidos na apresentação (vídeos abaixo) não defraudaram, a ponto de terem sido vendidas as 10 mil unidades previstas para o primeiro ano de produção em apenas 10 minutos, de acordo com a própria GM.

O interesse demonstrado é ainda mais impressionante considerando que a edição de lançamento do GMC Hummer não é propriamente barata. Pelo contrário, por se tratar de uma versão especial encontra-se mais bem equipada e com detalhes específicos, o que se reflecte num preço superior às versões convencionais que se lhe seguirão. Ainda assim, há quem faça questão de desembolsar cerca de 92.000€ (112.595$) para garantir a propriedade de um dos primeiros exemplares.

O Hummer Edition 1, que começará a ser produzido no final do próximo ano (daí as 10 mil unidades originalmente previstas para 2021), conta com três motores eléctricos a debitar no conjunto 1014 cv e a brutalidade de 15.592 Nm de binário, cuja energia é extraída de uma bateria de 200 kWh (fornecida pela LG Chem). A GM anuncia uma autonomia superior a 563 km, de acordo com o protocolo da EPA, mais próximo da realidade de utilização do que o método europeu WLTP. Ainda assim, num veículo dado a “exageros” (5,05 metros de comprimento e 2,05 metros de altura), a eficiência energética alinhará pela mesma bitola. Mas pela negativa, já que estaremos a apontar para um consumo médio de 35,5 kWh/100 km, ou seja, quase o dobro de um Tesla Model S (19 kWh/100 km). Como vantagem, a pick-up norte-americana esgrime a capacidade de aceitar recargas até 350 kW, por usufruir de um sistema eléctrico a 800 V.

Posteriormente, surgirão outras versões, estando a GM desde já a estudar como incrementar a produção para fazer face à procura. Segundo o gigante norte-americano (que já foi bem maior), além da pick-up surgirá uma variante SUV, a ser revelada no próximo ano.

No Outono de 2022 chegará uma versão que anuncia mais de 483 km de autonomia (EPA), com os mesmos três motores a debitarem 811 cv e 12.880 Nm, pelo que o preço baixa para cerca de 100 mil dólares (99.995$, cerca de 82.000€). Para a Primavera de 2023 está programada a chegada da Hummer EV2X que, como a designação indica, monta dois motores eléctricos para entregar 634 cv e 10.033 Nm, em troca de 89.995$ (cerca de 74.000€). A proposta mais acessível (79.995$, 65.550€) só chegará na Primavera de 2024, com o mesmo conjunto eléctrico mas um alcance limitado a cerca de 400 km.