As instituições de medicina do ensino superior assinaram esta segunda-feira a escritura pública para a constituição da Associação do Conselho das Escolas Médicas Portuguesas, um organismo privado e sem quaisquer fins lucrativos, foi anunciado.

De acordo com uma nota divulgada pelo Conselho de Escolas Médicas Portuguesas (CEMP), esta entidade “ainda não tinha sido constituída do ponto de vista formal”, apesar de ter sido criada “há cerca de dez anos”. Por isso, foi  realizada a “assinatura da escritura pública de constituição da Associação do Conselho das Escolas Médicas Portuguesas”, na Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa.

Esta associação “privada sem fins lucrativos” vai contribuir para afirmar o CEMP como uma “entidade independente, que assume integralmente a sua responsabilidade e postura cívica, em prol de uma formação médica moderna”.