Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Um casal está preso no universo das sitcoms desde a década de 1950. Eles sabem quem são, o que são, o que têm de fazer, mas não sabem os porquês do seu passado. Não têm datas para justificar porque estão juntos, não têm ocasiões para celebrar e, sobretudo, não sabem porque vivem ali e naquele preciso momento. Esta é a história de Vision e Wanda Maximoff (também conhecida como Scarlet Witch), o casal que protagoniza a primeira série do Universo Cinematográfico da Marvel [UCM] para a Disney+.

Os primeiros dois episódios (de nove) de “WandaVision” chegam esta sexta-feira, dia 15 de janeiro, ao Disney+ e haverá um novo por semana. Protagonizada por Elizabeth Olsen e Paul Bettany e com Teyonah Paris e Kathryn Hahn nos papéis secundários, “WandaVision” é o início da Fase IV do UCM. Os quatro atores deram uma conferência de imprensa virtual para falar da primeira de muitas séries da Marvel que chegarão ao Disney+ nos próximos meses. Também estiveram presentes Matt Shakman (realizador e produtor executivo), Jac Schaeffer (argumentista e produtora executiva) e Kevin Feige (produtor executivo).

Este artigo é exclusivo para os nossos assinantes: assine agora e beneficie de leitura ilimitada e outras vantagens. Caso já seja assinante inicie aqui a sua sessão. Se pensa que esta mensagem está em erro, contacte o nosso apoio a cliente.