A mais recente ilha do mundo surgiu a 1.200 quilómetros do sul do Japão, no arquipélago Vulcano, no Pacífico ocidental, na sequência de uma série de erupções vulcânicas marítimas. As erupções terão começado a 21 de outubro, no entanto, a responsável pela formação da massa de terra aconteceu a 30 de outubro.

Yuji Usui, analista da divisão vulcânica da Agência Meteorológica do Japão, explica que a ilha, a cerca de um quilómetro da ilha Iwoto, antiga Iwo Jima, famosa pela batalha entre as forças norte-americanas e as japonesas durante a II Guerra Mundial, é composta por um conjunto de cinzas e rochas acumuladas no mar pouco profundo, resultado da erupção de um vulcão submarino.

No entanto, para Usui “a ilha pode não durar muito tempo”, cita a AP. “Temos de ver o desenvolvimento”, assumiu.

Este artigo é exclusivo para os nossos assinantes: assine agora e beneficie de leitura ilimitada e outras vantagens. Caso já seja assinante inicie aqui a sua sessão. Se pensa que esta mensagem está em erro, contacte o nosso apoio a cliente.