João Cadete de Matos já mais do que cumpriu o mandato enquanto presidente do conselho de administração da Anacom, o regulador das comunicações. Nos últimos dias, estava apenas à espera da nomeação da substituta, antes de o Governo entrar em gestão. Aconteceu esta quinta-feira, enquanto estava num almoço com a imprensa.

Enquanto fazia o balanço dos últimos anos, a ministra Mariana Vieira da Silva anunciava na conferência de imprensa após o conselho de ministros a nomeação de Sandra Maximiano para a liderança do conselho de administração da Anacom.

Por ética de trabalho, explica Cadete de Matos, não comenta as palavras da sucessora, que na audição no parlamento disse que existia “desinformação dos dois lados” no tema de preços nas telecomunicações. Numa entrevista ao Eco, a economista chegou a falar em “excesso de zelo” da administração atual.

Este artigo é exclusivo para os nossos assinantes: assine agora e beneficie de leitura ilimitada e outras vantagens. Caso já seja assinante inicie aqui a sua sessão. Se pensa que esta mensagem está em erro, contacte o nosso apoio a cliente.