Curiosidades Auto

Alonso foi à caça? Matou dois pássaros nos treinos da Indy 500

Há quem mate dois pássaros com uma só cajadada. Fernando Alonso, talvez por falta de um cajado à altura, fez isso mesmo, mas com o seu carro de Fórmula Indy. Em simultâneo e a mais de 357 km/h.

Autor
  • Alfredo Lavrador

Fernando Alonso é o homem do momento, de quem tanto se fala. Não pelo actual momento da sua carreira na F1 e, muito menos, pela rapidez estonteante do seu McLaren com motor Honda. O piloto espanhol anda na bocas do mundo por ter decidido faltar ao Grande Prémio do Mónaco, que é só uma das corridas mais emblemáticas do campeonato – se não mesmo a mais badalada – e atravessar o Atlântico para fazer uma perninha na Fórmula Indy, o campeonato que os americanos tanto apreciam e a que chamam Indy Car. Decisão que surpreendeu e chocou o circo da F1.

É claro que Alonso não vai estrear-se na Indy Car só para fazer número ou para se divertir. Vai para vencer, como a tudo a que se dedica e que tenha volante, ou não fosse ele considerado um dos melhores da modalidade. Primeiro, começou por escolher a prova mais famosa deste campeonato americano, as 500 Milhas de Indianápolis, não só pela sua importância, mas sobretudo porque é também uma das poucas provas do ano em que um estreante pode vencer. E já iniciou os treinos de habituação ao carro que desconhece e que, ainda por cima, é torto, pois como a prova é disputada num circuito oval, com apenas curvas para a esquerda, o carro não é simétrico.

Foi exactamente numa sessão de treinos para estreantes – a Rookie Orientation Practice – que Alonso percorreu 110 voltas, afixando na mais rápida uma média de 357 km/h, para agrado da equipa, pertença da família Andretti, fundada pelo pai Mario e actualmente liderada pelo filho Michael, ambos excelentes pilotos e com história na Indy e na F1.

Mas Alonso continua sem sorte, pois se na F1 o seu McLaren-Honda é lento e revela frequentes problemas de falta de fiabilidade, nos EUA os azares não largaram o ás espanhol. No final de uma recta da Indianapolis Motor Speedway, numa altura em que se preparava para abordar uma das curvas, dois pássaros menosprezaram a velocidade de Fernando Alonso – provavelmente pensaram que era o McLaren de F1 – e embateram no seu fórmula amarelo. O mais curioso é que foi em simultâneo e um de cada lado do cockpit, pelo que Alonso pode ver o que o aconteceu, em stéreo.

A Indy 500 será realizada no próximo dia 28 de Maio, e o GP do Mónaco também, com o McLaren de Alonso a ser confiado a Jenson Button.

Recomendador: descubra o seu carro ideal

Não percebe nada de carros, ou quer alargar os horizontes? Com uma mão-cheia de perguntas simples, ajudamo-lo a encontrar o seu carro novo ideal.

Recomendador: descubra o seu carro idealExperimentar agora
Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site