Logo Observador
Incêndios

Onze distritos do país estão em risco ‘máximo’ de incêndio

Onze distritos do país estão hoje em risco 'máximo' de incêndio, segundo informação disponível na página da Internet do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

HUGO DELGADO/LUSA

Onze distritos do país estão hoje em risco ‘máximo’ de incêndio, segundo informação disponível na página da Internet do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

No norte do país estão em risco ‘máximo’ de incêndio mais de meia centena de concelhos dos distritos de Vila Real, Guarda, Bragança, Coimbra, Viseu, Castelo Branco, Leiria, Portalegre, Santarém, Beja e Faro.

O resto do interior norte e centro do país estão com um risco ‘muito elevado’ de incêndio e a maioria da região do Alentejo encontra-se em risco ‘elevado’.

O risco de incêndio determinado pelo IPMA engloba cinco níveis, que podem variar entre ‘reduzido’ e ‘máximo’.

O cálculo é feito com base nos valores observados às 13:00 em cada dia relativamente à temperatura do ar, humidade relativa, velocidade do vento e quantidade de precipitação nas últimas 24 horas.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Politicamente Correto

Retorno a Laputa e a Lagado

Paulo Tunhas

O que fazer por estes dias em que tagarelas autoritários furiosos de intensidade apaixonada procuram a todo o custo regular todas as formas de expressão e limitar os princípios de comunicação humana?