Sporting

Porquê um quando se podem ter dois? Quem são os primeiros reforços do Sporting em janeiro

293

Jorge Jesus queria reforços e eles chegam aos pares: avançado Vietto vem emprestado pelo Atl. Madrid (com opção), médio ofensivo Rúben Ribeiro transfere-se do Rio Ave a troco de 400 a 500 mil euros.

Luciano Vietto fez uma boa temporada em 2016/17 no Sevilha, com um total de dez golos em 31 jogos

AFP/Getty Images

Esperava-se que fosse um e que se chamasse Marcelo, acabaram por ser dois e com os nomes de Luciano Vietto e Rúben Ribeiro: o Sporting está a acelerar neste final de ano para garantir alguns reforços para a reabertura do mercado e chegou a acordo com os dois elementos ofensivos que Jorge Jesus tanto ansiava.

No caso de Vietto, o argentino de 24 anos chegará por empréstimo do Atl. Madrid até ao final da temporada com opção de compra, que se deverá rondar os dez milhões de euros (o valor não foi divulgado publicamente). Avançado pequeno e móvel que deu nas vistas no Racing antes de chegar à Liga espanhola via Villarreal, em 2014, o internacional Sub-20 procura encontrar outro rumo na carreira perante as poucas oportunidades de jogar nos colchoneros – que passarão a contar com Diego Costa e Vitolo a partir de dia 1.

Luciano Vietto fez dez jogos oficiais na presente temporada, não tendo marcado nenhum golo (Denis Doyle/Getty Images)

Após começar a jogar no Independiente Balnearia, Vietto esteve dois anos no Estudiantes, falhou os testes no Rosario Central e rumou ao Racing (antiga equipa do lateral/ala esquerdo Marcos Acuña, segunda contratação mais cara de sempre dos leões), onde se afirmou já como sénior. Em 2014 mudou-se para Espanha, com o Villarreal a pagar mais de cinco milhões de euros pelo passe do dianteiro. Que se multiplicaram, um ano (e 20 golos em 48 jogos) depois: na temporada seguinte, o Atl. Madrid pagou 20 milhões pelo argentino. Na última época, jogou por cedência temporária no Sevilha, marcando dez golos em 31 partidas.

Alcançámos um acordo com o Sporting por Vietto para empréstimo com opção de compra”, confirmou Gil Marín, conselheiro delegado do Atl. Madrid.

Já Rúben Ribeiro, médio ofensivo de 30 anos do Rio Ave que tem sido um dos grandes destaques da Primeira Liga, deverá chegar a Alvalade já em janeiro a título definitivo, numa operação que rondará uma verba entre os 400 e os 500 mil euros (que poderá ser atenuada com possíveis empréstimos dos leões aos vilacondenses).

Rúben Ribeiro afirmou-se em definitivo no último ano e meio, jogando no Rio Ave (MIGUEL RIOPA/AFP/Getty Images)

Depois de ter começado nas escolas do Penafiel, passou por Boavista e Leixões na formação antes de subir a sénior, tendo feito nessa condição cinco temporadas na equipa de Matosinhos. Esteve depois no Penafiel, no Beira-Mar e no P. Ferreira (naquela que assume ter sido a pior passagem, tendo sido emprestado a Rio Ave e Gil Vicente) antes de assinar pelo Boavista, em 2015/16. A boa temporada no Bessa valeu-lhe a passagem a título definitivo para Vila do Conde, onde teve ano e meio de afirmação completa. Leva um total de 20 jogos oficiais entre Campeonato, Taça de Portugal e Taça da Liga, tendo apontado três golos.

Em sentido inverso poderão estar dois elementos de características ofensivas: Alan Ruíz, avançado que se encontra ainda sob alçada disciplinar da SAD verde e branca, e Iuri Medeiros. Resta apenas saber se as saídas se irão processar a título definitivo, mediante uma proposta convincente, ou por cedência temporária.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: broseiro@observador.pt

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site