Altice

Altice Portugal vai investir mais quatro milhões no centro de dados da Covilhã

A Altice vai investir mais quatro milhões de euros no 'data center' da Covilhã, investimento que vai permitir "gerar mais emprego qualificado e especializado no médio prazo".

HUGO DELGADO/LUSA

Autor
  • Agência Lusa

A Altice Portugal anunciou esta sexta-feira que vai investir mais quatro milhões de euros no seu ‘data center’ [centro de dados] da Covilhã para concretizar, entre outras ações, a migração de toda a infraestrutura de suporte ao portal SAPO.

A infraestrutura de suporte ao portal SAPO vai ser migrada “para aquele que é o maior centro de processamento de dados em Portugal, uma ação que envolve 671 servidores e um petabyte de armazenamento”, refere a dona da Meo.

“A Altice Portugal, em alinhamento com os pilares de inovação e investimento, realizará ainda a evolução das infraestruturas existentes para suportar a estratégia de virtualização de funções de rede que está a implementar, através da criação de um ambiente virtual produtivo, distribuído em ‘data center’, envolvendo a Covilhã e Picoas”, adianta.

“A construção do maior ‘data center’ hoje existente em Portugal centrou a atuação da Altice Portugal nas tecnologias de ‘cloud’ e ‘big data’. Hoje, e em alinhamento com a sua expansão de negócio e estratégia tecnológica de ‘cloud’, a Altice Portugal irá introduzir neste processo tecnologia de ponta (VXLAN) e a abertura de um novo espaço IT no ‘data center’ na Covilhã”, acrescenta.

Atualmente, o centro de dados da Altice na Covilhã tem mais de 300 colaboradores, “sendo que com este novo investimento estão criadas condições para gerar mais emprego qualificado e especializado no médio prazo”, aponta.

A Altice Portugal sublinha que o ‘data center’ da Covilhã é “um dos dez maiores do mundo” e “é reconhecido internacionalmente e, ainda esta semana, por ocasião da apresentação do projeto SKA (Square Kilometer Array) na Covilhã, foi elencado como opção para armazenar e tratar parte do enorme volume de dados gerado pelas observações do maior radiotelescópio do mundo”.

O investimento de mais quatro milhões de euros “vem juntar-se a tantos outros que têm sido feitos pela Altice Portugal no ‘data center’ na Covilhã e também na região, como é disso exemplo o investimento na infraestruturação de fibra ótica do Maciço Central da Serra da Estrela anunciado esta semana, ou a abertura do novo ‘contact center’ [centro de atendimento], também na Covilhã”.

A empresa liderada por Alexandre Fonseca refere que “continuará este caminho de investir no território português como um todo, contribuindo para o desenvolvimento económico e social destas regiões com baixa densidade populacional, mitigando desigualdades territoriais”.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Emprego

Em casa de Ferraz, competitividade de pau

Luís Aguiar-Conraria

Declarações como as de Ferraz da Costa, do Fórum para a Competitividade, dão a entender que uma parte dos empresários continua viciada em baixos salários. Estava na altura de serem mais competitivos.

Emprego

Em casa de Ferraz, competitividade de pau

Luís Aguiar-Conraria

Declarações como as de Ferraz da Costa, do Fórum para a Competitividade, dão a entender que uma parte dos empresários continua viciada em baixos salários. Estava na altura de serem mais competitivos.

Startups

Foguetório empresarial

Maria João Marques

Não há nada que irrite mais o português médio que o arrojo e a ousadia alheia. O atrevimento, as ambiciosas ideias de uns têm o condão de iluminar o conformismo dos restantes, o que ninguém leva a bem

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site