Uma comitiva de jornalistas e empresários colombianos chega segunda-feira a Portugal para conhecer a indústria nacional de calçado, no âmbito da estratégia da associação portuguesa do setor que visa entrar no mercado da Colômbia e dali aceder ao Chile, Peru e Panamá.

Segundo o porta-voz da Associação Portuguesa dos Industriais do Calçado, Componentes e Artigos de Pele e Seus Sucedâneos (APICCAPS), a comitiva colombiana conta com 15 elementos, que, na terça-feira, participarão, no Porto, na conferência “Internacionalização no Calçado – Que Mercados? Uma Abordagem à Colômbia”.

De seguida, os responsáveis colombianos visitarão várias empresas portuguesas calçado do Norte do país, nomeadamente as cerca de duas dezenas que participarão, em julho, numa feira de moda na Colômbia, de 22 a 24 de julho.

Em finais do ano passado, a APICCAPS apontava como objetivo chegar ao fim de 2015 com vendas de 15 milhões de euros na América do Sul, designadamente nos mercados da Colômbia, Chile, Peru e Panamá, sendo que a entrada nestes três últimos países deveria ser feita usando a Colômbia como plataforma de acesso.

Para o efeito, a associação tem em marcha um “programa de promoção integrado” que prevê ações dirigidas aos compradores, à imprensa e ao grande público, incluindo a presença em feiras, a organização de desfiles de moda, anúncios em revistas da especialidade e editoriais de moda.

Segundo a APICCAPS, nos quatro mercados alvo da América do Sul há 3,5 a 4 milhões de consumidores com elevado poder de compra, que visitam regularmente Miami e compram produtos de luxo.