Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Portugal pagou à ‘troika’ 423,1 milhões de euros só em juros e comissões dos empréstimos feitos pelos credores internacionais para o resgate do país, um ritmo superior a 100 milhões de euros por mês.

Os números, divulgados pela Direção-Geral do Orçamento, dão conta de um aumento de 11,3% face ao que tinha sido pago nos primeiros quatro meses de 2013.

Destes, 405,5 milhões de euros dizem respeito a juros e 17,6 milhões de euros a comissões dos empréstimos.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR