Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Eram 15:00 de sexta-feira em Washington (20:00 em Lisboa) quando Michel Bechard afirmava, perante os agentes dos Serviços Secretos, que tinha uma reunião com o Presidente norte-americano, Barack Obama. Impedido de entrar pelos homens fardados que faziam guarda à Casa Branca, começou a despedir-se enquanto continua a afirmar que tinha uma reunião.

Foram precisos quatro agentes para derrubar o homem que entretanto já estava completamente nu. Michel Bechard, que já tinha um historial de atentado ao pudor, segundo o Daily Mail, foi coberto com um cobertor e levado para um hospital para tratar ferimentos menores.

O episódio levou ao encerramento durante meia hora da Avenida Pensilvânia, onde está a residência presidencial, reportou a Lusa. O Daily Mail apresenta fotografias e um vídeo do incidente.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR