O candidato às eleições presidenciais afegãs, Abdullah Abdullah, sobreviveu na manhã desta sexta-feira a um ataque terrorista em Cabul, adianta a BBC.

Houve duas explosões no local onde iria decorrer um comício da campanha de Abdullah – considerado o principal candidato a substituir o atual presidente Karzai. De acordo com a polícia, morreram quatro pessoas e, entre os feridos, estão guarda-costas do candidato.

Uma das explosões foi provocada por um bombista suicida que entrou no local do comício com um carro. A outra terá tido origem num engenho semelhante a uma granada.

Abdullah Abdullah seguiu entretanto para outro comício.

A segunda volta das eleições presidenciais afegãs está marcada para 14 de junho. Em abril, na primeira volta, nenhum dos candidatos conseguiu obter 50% da votação. Abdullah Abdullah bate-se agora com Ashraf Ghani, que já condenou o ataque terrorista no Twitter.