O governo do Senegal anunciou esta sexta-feira que se verificou naquele país o primeiro caso de contágio com o vírus Ébola, que já provocou 1.552 vítimas mortais na África Ocidental.

O infetado, que está hospitalizado na capital Dacar, é um jovem da Guiné-Conacri que viajou recentemente para o Senegal e que foi sujeito a exames depois de ter sentido os sintomas da doença.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) já contabilizou 3.069 casos da doença, incluindo 1.552 mortes, em quatro países da África ocidental, de acordo com o último balanço.

A febre hemorrágica é uma doença infecciosa grave, causada pelo vírus Ébola, identificada pela primeira vez em 1976, na República Democrática do Congo (antigo Zaire) perto do rio Ébola. A doença transmite-se por contacto direto com o sangue, secreções ou fluidos corporais de pessoas infetadas e ainda não existe tratamento nem vacina certificada.