O seu sonho é trabalhar na Apple? Estar na vanguarda da tecnologia? Ter regalias? Se calhar é preferível pensar melhor. Segundo o site Cult of Mac, trabalhar na Apple não é fácil e aparentemente são várias as situações que o provam. A mais recente envolve depoimentos de ex gestores da empresa.

Durante um podcast da Debug – um fórum que discute assuntos relacionados com jogos – Don Melton e Nitin Ganatra, dois ex-gestores da empresa criada por Steve Jobs, discutiam o nível absurdo de horas que os empregados senior têm que dar e que além do horário de trabalho parece que também é comum ter que se trabalhar aos fins de semana e fazer horas extraordinárias durante a noite.

Esta poderá parecer a descrição de uma conversa normal entre dois trabalhadores desgostosos mas, neste caso, a conversa entre os antigos diretores de tecnologias de internet e das aplicações IOS foi gravada e publicada por um atual trabalhador da Apple. Por um lado, Don queixa-se do facto de uma noite de domingo ser considerada uma noite de trabalho na Apple.

“Tínhamos o telemóvel ali, estávamos sentados à frente de um computador. Não interessa se o teu programa preferido estava a dar. Isto foi pior ainda depois de Os Sopranos terem acabado porque até essa data tu sabias que durante uma hora o Scott – engenheiro de software – não te ia chatear. Isso era o teu bónus. Podíamos ir À casa de banho, conversar com a família, tu sabes, o que quer que fosse. Mas depois disso… “

O desabafo continua e Melton diz que os emails não paravam até às 2h ou até mais tarde, isto tudo porque Scott Forstall não é uma pessoa de manhãs e ainda avisa que o que se diz acerca de Tim Cook não é um mito. Aparentemente “os executivos da Apple trabalham muito, são loucos. Estão lá sempre.” É nesta altura que Ganatra tem a participação mais ativa na conversa comenta que Bertrand Serlet – vice presidente de engenharia de software – nunca escondeu que trabalhava muito e que até tinha ideia “que só dormia três a quatro horas por noite”. Melton confirma e acrescenta que Steve Jobs fazia o mesmo.

Durante o dialogo  Ganatra e Melton contam a intensidade de se ser um trabalhador da famosa norte-americana e Melton até deixa uma mensagem a quem quiser lá trabalhar: “Como dormiram na última noite? Se a resposta for : Oh, bastante bem. Eu digo: Ótimo, porque essa vai ser a última noite de sono descansado que vais ter.”