Os preços estabilizaram em outubro face ao que acontecia no mesmo mês de 2013, depois de terem sofrido uma queda em setembro, também em termos homólogos, indicou esta quarta-feira o Instituto Nacional de Estatística (INE).

Os produtos alimentares não transformados e os produtos energéticos tiveram novamente uma queda nos preços.

Em setembro, os preços estavam a cair 0,4% comparando com setembro de 2013.

Já em comparação com o mês passado, os preços aumentaram 0,3%. Este aumento é, no entanto, inferior ao que se verificava de agosto para setembro, quando os preços cresceram 0,6%.

No caso da inflação em termos mensais, quem mais contribuiu para o aumento foi o crescimento de 3,9% nos preços de produtos de vestuário e calçado, que em setembro já tinham crescido 21,1%.

Já em sentido inverso, esteve uma queda no preço dos produtos e serviços associados à classe Transportes, que caíram 1,5%.