Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Os preços estabilizaram em outubro face ao que acontecia no mesmo mês de 2013, depois de terem sofrido uma queda em setembro, também em termos homólogos, indicou esta quarta-feira o Instituto Nacional de Estatística (INE).

Os produtos alimentares não transformados e os produtos energéticos tiveram novamente uma queda nos preços.

Em setembro, os preços estavam a cair 0,4% comparando com setembro de 2013.

Já em comparação com o mês passado, os preços aumentaram 0,3%. Este aumento é, no entanto, inferior ao que se verificava de agosto para setembro, quando os preços cresceram 0,6%.

No caso da inflação em termos mensais, quem mais contribuiu para o aumento foi o crescimento de 3,9% nos preços de produtos de vestuário e calçado, que em setembro já tinham crescido 21,1%.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Já em sentido inverso, esteve uma queda no preço dos produtos e serviços associados à classe Transportes, que caíram 1,5%.