Muitos dos líderes mundiais presentes na cimeira do G20 a decorrer em Brisbane, na Austrália, durante este fim de semana, tentam encurralar e fazer Vladimir Putin recuar relativamente à situação na Ucrânia. Mas o Presidente russo continua a negar responsabilidades.

Stephen Harper, primeiro-ministro do Canadá, teve uma querela com Vladimir Putin, neste sábado, dizendo ao líder russo para “sair da Ucrânia”, conta o canal televisivo canadiano CBCNEWS.

De acordo com o porta-voz do primeiro-ministro do Canadá, Jason MacDonald, Stephen Harper estava a falar a um grupo de líderes do G20 quando Vladimir Putin se aproximou e lhe estendeu a mão para o cumprimentar.

“Acho que vou cumprimentá-lo, mas tenho uma coisa a dizer-lhe: tem de sair da Ucrânia”, disse Stephen Harper a Vladimir Putin.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Um porta-voz da delegação russa na cimeira dos G20 disse que a resposta dada por Putin foi: “Isso é impossível porque nós não lá estamos.”

Uma fonte do Governo canadiano contou à CBCNEWS que o primeiro-ministro não tinha qualquer intenção de falar com o Presidente russo durante a cimeira, sendo que Putin teria conhecimento da sua posição quanto à situação na Ucrânia.